EURICO LOPES

IDIOMAS

Português, Inglês, Espanhol e Francês, Italiano fluente  e Hebraico nível medio                               

FORMAÇÃO ARTÍSTICA

Iniciou a sua formação teatral em 1988, frequentando o “Curso Técnica da Máscara I e II” de Filipe Crawford, na Fundação Calouste Gulbenkian, onde fez igualmente estágios com Daniel Stein, Rossela Terranova e Polina Klimovitskaia;

Estagiou com Antunes Filho no Teatro Nacional D. Maria II;

Foi seleccionado e trabalhou com Ariane Mnouchkine no Théatre du Soleil em Paris;

Trabalhou com Ferruccio Soleri no Teatro Olímpico de Vicenza em Itália;

Curso da Técnica Meisner leccionado por John Frey (Lisboa);

Desde 2008 frequenta:

Workshops sobre o Método com Marcia Haufrecht (Lisboa);

Cursos de Profesionales del Estudio impartido por Juan Carlos Corazza (Madrid).

 

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

TELEVISÃO

2014/15 “Os Nossos Dias II” , P. Francisco Colaço – SP/RTP1

2014 “Água de Mar”, P. Rui Quadros – Coral Vision/ RTP1

2013 – "Sol de Inverno", (P. Juiz), participação – SP/SIC;

2013 – "Mundo ao Contrário", (P. Silva Reis) - Plural / TVI,;

2013 – "Doce Tentação", (P. Inspetor Mota) - Plural / TVI,;

2012 – “Maternidade”, (P. Jorge), Série - SP / RTP;

2012 – “Há Sempre um Amanhã”, (P. Pedro) - Plural/ RTP;

2012 – “Vidas a Crédito”, (P. Mário), Telefilme - Plural / RTP;

2012 – “O Que as mulheres Querem”, (P. António) Telefilme - Plural /TVI;

2012 – “Rosa Fogo”, (P. Aníbal) - SP/SIC;

2011 – “Remédio Santo”, (P. Salvador) - Plural /TVI;

2011 – “Velhos Amigos”, (P. Martins), Série -SP/RTP;

2011 – “Liberdade 21”, (P. Salvador), Série da SP/RTP;

2011 – “Voo Directo”, (P. Eduardo),Série - SP/RTP;

2010 – “Sentimentos”, (P. Vasco) - Plural / TVI;

2010 – “Destino Imortal”, (P. Faustino), Série Plural/TVI;

2010 – “Ele é Ela”, (P. Rui Pedro), Série, da Plural / TVI;

2009 – “Campeões e Detectives”, (P: Pai Francisco) Série da Skylight / TVI;

2009 “Crime e Botox”, (P. Nuno),Casos da Vida - Plural / TVI,;

2009/08 – “Feitiço de Amor” – (P. Ricardo) - Plural / TVI;

2009/08 – “Rebelde Way” (P. Duarte), Series - TDN /SIC;

2008 –“Fascínios”, (P. Alfredo) - Plural / TVI;

2008 – “Olhos nos Olhos”, (P. Dr. Vasco) - Plural / TVI;

2008 “A Escolha de Camila”, (P. Dr. Francisco),Caso da Vida - Plural/TVI;

2008 “Podia Acabar o Mundo”, (P. Armando) - Plural / TVI;

2008 “Deixa-me Amar”, (P. Juca) - Plural / TVI;

2007 – “Morangos com Açúcar IV”, (P. António Carvalho), Série- Plural/TVI;

2007 – “Uma Aventura”, (P. Everaldo) Série TGP/SIC;

2007 “Tu & Eu”, (P. Pedro), Série - Plural / TVI;

2006 – “Fala-me de Amor”, (P. Mário Cunha) Plural / TVI;

2006 – “7 Vidas”, (P. Miguel) – Série - TGP/ SIC;

2005 – “Ninguém Como Tu”, (P. André) - Plural / TVI;

2005 – “Inspector Max” (P. Horácio), Série- Plural / TVI;

2005/04 – “Maré Alta” (P. Ship passenger),Série – SIC;

2004 – “Lusitana Paixão”, de Fo&Co e Edipim / RTP;

2004 – “Inspector Max”, (P. Horácio) - Plural / TVI;

2004 – “Uma Aventura” (P. Luís), Série- TGP / SIC;

2003 – “Ana E os Sete” (P. João), Série da Fealmar/ TVI;

2003 – “Olá Pai”, (P. Henriques), Série - Fealmar/TVI;

2003/02 – “Tudo por Amor”, (P. Nuno C. Branco), Série - Fealmar/TVI;

2002 – “A Minha Sogra é uma Bruxa”, (P. Ricardo)Série da RTP;

2002/01 – “Filha do Mar”, (P. Leonel Espiga) - NBP/ TVI;

2001 – “Bastidores”, (P. André Oliveira), Série, Zoom Out / RTP;

1999 – “Mãos à Obra”, (P. Berto),Série – RTP;

1998 – “Terra Mãe”, (P. Luís), NBP/RTP;

1998 – “Não Há Duas Sem Três”, (P. José Carlos Camacho), Série - RTP;

1997 – “Não Há Duas Sem Três”, (P. Gonçalves), Série - RTP;

1997 – “A Mulher do Sr. Ministro” (P. Amâncio), Série - MMM/RTP;

1997 – “A Mulher do Sr. Ministro”, (P. Mister), Série –MMM/RTP;

1996 – “Polícias “de Moita Flores, (P. Caracóis), Série - Multicena/RTP;

1995/96 – “Primeiro Amor”, (P. Carlos Filipe) - NBP/ RTP;

1992 – “O Quadro Roubado”, (P. João X), Série da Imagem Real / RTP;

 

CINEMA

2013 – “Where She Lives”, realização de Cleber Almeida, (P. EX Chefe), Colisão Filmes - CM;

2010“Batalha dos Atoleiros”, Realizado por Johan Schelshout, (P. Conde Andeiro), Ar de Filmes – Filme Doc.

2010 – “O Anel” realização Luís Santos, Universidade Lusófona, - CM;

2008 “Aljubarrota II”, realizado por Johan Schelshout, (P.Conde Andeiro), Filmes do Tejo -Filme Doc.

2008“Amália”, realização de Carlos Coelho da Silva, (P. Pai Rodrigues), VC Filmes – LM

2008 – “A Fábrica” realização e produção Cláudia Clemente - CM;

2007 – “Corrupção”, realização de João Botelho, (P. TV Anchor Alberto), Utopia Filmes - LM

2006 – “SAC – Des Hommes dans L´Ombre” – realização de Thomas Vincent, (P. Jean Christophe Bongini), Canal Plus (França) - LM

TEATRO

2013 – "Os Três Últimos dias de Fernando Pessoa - Um Delírio", Baseado no livro de António Tabucchi e Encenação de André Gago, Teatro S. Luiz, Lisboa;

2013 – "Balrum - Momento de Pequenas Variedades" Projecto de Berta Teixeira, Festival Dois Pontos, Teatro Café Pequeno Leblon, Rio de Janeiro;

2012 – "Alice é uma chata e o País das Maravilhas um Bluff" Texto e Encenação de Vicente Alves do Ó; Teatro Rápido, Lisboa;

2011 – “Fernando Pessoa”, Leituras no Sofá, Teatro Nacional D. Maria II;

2008 – “Parede de Segredos” de Berta Teixeira, Teatro Gil Vicente, Coimbra;

2008 – “Conto Americano” de David Mamet, encenação e Maria Emilia Correia, Teatro Nacional D. Maria II;

2007 –“A Filha Rebelde”, encenação Helena Pimenta, T.N.D. Maria II e T. de Madrid;

2007/06 – “Respirações de Inês”, encenação Maria Emília Correia, Convento S. Francisco Coimbra, Montemor-o-Velho, Mosteiro de Alcobaça e T. N. D. Maria II;

2006 – “ A Aventura de Ulisses”, encenação António Feio, para Teatro Nacional D. Maria II e  Rivoli;

2005 – “Os Lusíadas rumo ao Oriente” encenação António Pires para Teatro Nacional D. Maria II e no Teatro Nacional S. João, Porto;

2004 – “Fantasmas”, de J. Prévert, encenação Maria Emília Correia para a Associação Abril em Maio;

2004/03 – “Romance da Raposa” de Aquilino Ribeiro, encenação António Pires, Teatro S. Luíz;

2002 – “O Menino ao Colo”, encenação Maria Emília Correia para o Teatro da Trindade;

2001 – “A Maçã no Escuro” de Clarice Lispector, encenação Maria Emília Correia Teatro da Trindade;

2000 – “O Auto da Cananeia” de Gil Vicente, encenação Maria Emília Correia Mosteiro de Odivelas;

2000 – “O Auto da Cananeia” de Gil Vicente, encenação Maria Emília Correia Mosteiro de Odivelas;

1999 –  “O Aumento”, de George Perec, encenação António Pires C. C. de Belém;

1998 – “Divisão B – Parque” de Rui Cardoso Martins, encenação Maria Emília Correia Teatro Nacional D. Maria II;

1997 – “Peter Pan” de Jean Marie Barie, encenação António Pires, Teatro S. Luiz;

1997 – “O Gato que Chove” de Mário de Cesariny, encenação Maria Emília Correia Teatro Villaret;

1997 – “A Importância de Ser Amável” de Óscar Wilde, encenação Fernando Heitor para o Teatro S. Luiz;

1996 – “Auto da Barca do Inferno”, de Gil Vicente, encenação António Pires, CCB;

1996 – “O Avião de Tróia”, de Luíza Neto Jorge, encenação Maria Emília Correia, Sala Estúdio Teatro Nacional D. Maria II;

1996 – “A Caça ao Snark”, de Lewis Carroll, encenação António Pires, Teatro da Trindade;

1995 – “Parabéns a Você”, de Hélder Costa, Festival de Cádis;

1993 – “Chiado Natal” de Vanda de Sousa, encenação Bibi Perestrelo, Teatro Gymnásio;

1992 – “A Flauta de Pã” de Paulo C. Coutinho, encenação Bibi Perestrelo, Teatro da Trindade;

1992– “La Commedia Dell’Arte”, direcção Ferrucio Soleri, Teatro Olímpico, Itália;

1991 –“Tarot ou a Viagem do Louco” de Filipe Crawford, Teatro Meia Preta, Casa da Comédia;

1990 – “Matches de Improvisação” encenação Colectiva, Teatro Meia Preta;

1990 – “Cenas da Comédia Dell’Arte” encenação de Filipe Crawford, Teatro Meia Preta, Convento do Beato e Teatro Maria Matos;

1989 – “Assaltos de Máscaras” encenação, Filipe Crawford, Teatro Meia Preta;

1988 – “Arlequim & Companhia” encenação, Filipe Crawford, Teatro Meia Preta.

 

SKILLS

Canto, Natação, Yoga, Hipismo;

Carta de Condução de ligeiros e motos.