SÍLVIA FILIPE – CV Resumido

 

IDIOMAS

Português, Francês, Espanhol e um pouco de Alemão

 

FORMAÇÃO ARTÍSTICA

- Licenciatura no Curso de Formação de Actores pela Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa.

- Curso geral de Canto pela Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa.

Workshops

- Estill Voice Training Sistem (Nìvel 1) com Viv Manning, Teatro Taborda, Lisboa.

- The Voice of the Performer com Natalka Polovynka -Maisternia Pisni/Ucrânia, CNAI

- Desenvolvimento e Aprofundamento da Criatividade Individual dirigido por Gil Allon, ESTC

- Voz dirigido por Zigmunt Molik (responsável vocal pela Companhia de Jerzy Grotowsky

- Seminário de Voz orientado pela professora Maria João Serrão, Teatro da Comuna.

 

PRÉMIOS

2010 - Nomeação para o Globo de Ouro da SIC, na categoria de Melhor Actriz de Teatro 2009, com a peça Esta Noite improvisa-se.

2010 - Prémio SPA /RTP para Melhor Actriz de Teatro, pelas peças Esta Noite Improvisa-se; Huis Clos e O Peso das Razões.

 

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

TELEVISÃO

2013/14 - “Bem-vindos a Beirais”, Série - Sp Televisão/ RTP1

2012 - “Jogos Cruéis”, Telefilme - Plural/ RTP1

2012 - “Dancing Days”, Telenovela - Sp Televisão parceria SIC/TV Globo.

2010/11 - “Laços de Sangue”, Telenovela - SP Televisão/ SIC

2010 - “Maternidade”, Série - SP Televisão/RTP1.

2008 - “Pai à Força”, Série - SP/ RTP1.

2008 - “Liberdade 21”, Série, Participação - SP/RTP1.

2008 - “Conta-me como foi”, Série – SP /RTP1

2007 - “Doce fugitiva”, Telenovela, participação - Plural/ TVI.

2000 - “As Contas do Morto”, Telefilme, realização de Rita Nunes – RTP

 

CINEMA

2015 - “Menina” realização de Simão Cayatte – Bro Cinema - CM

2015 - “ ZEUS”, realização de Paulo Filipe Monteiro - LM

2012 - “Somos gente honrada”, realização de Alejandro Marzoa – Vaca Films, Espanha – LM

2010 - “Enchente”, realização de Pedro Lopes e Jójó, produção Ukelele inc., Um Lugar Improvável e SP Televisão - LM

2010 - “Assim assim”, realização de Sérgio Graciano - LM

2007 - “Kunta”, realização de Ângelo Torres- CM

2009 - “Snipers”, realização de Luís Lopes e Luís Alvarães - CM

2009 - “A Bela e o Paparazzo”, realização de António Pedro Vasconcelos - LM

2003 - “Intime Conviction”, realização de Jean Teddy Filippe - LM

2001 - “A Costureira Que Engoliu Um Alfinete”, realização de Rita Palma - CM

 

TEATRO

2015 - “Paiáçu ou Pai Grande” de António Vieia com João Grosso e Miguel abreu, Cassefaz.

2014 - “A Modéstia” de Rafael Spregelburd, encenação de Amândio Pinheiro, artistas Unidos, Teatro da Politécnica.

2013 - “As Centenárias” de Newton Moreno, encenação e dramaturgia de Natália Luiza, Teatro Meridional.

2012 - “ Pelo prazer de a voltar a ver”, Versão, Dramaturgia e encenação de Marta Dias, Teatro Aberto.

2011 - “Cândida”, uma História Portuguesa, Texto André Murraças, encenação Paulo Ferreira e André Murraças, Cassefaz,Teatro Aberto.

2011 - “Overdrama”, Texto de Chris Thorpe, encenação Jorge Andrade, MalaVoadora, Festival de Almada|Culturgest.

2010/11 - “Ivanov”, Texto de Anton Tchecov, encenação Tonan Quito, Truta, Teatro Maria Matos.

2010 - “O Fidalgo Burguês”, Texto de Moliére, encenação Cláudio Hochman, Palácio Beau Séjour.

2010 - “Comemoração”, Texto de Harold Pinter, encenação Jorge Silva Melo, Artistas Unidos, CCB.

2009 - “O peso das Razões”, Texto de Nuno Júdice, encenação Jorge Silva Melo, Artistas Unidos,Biblioteca da Assembleia da republica, Teatro Aveirense.

2009 - “Huis Clos”, Jean Paul Sartre, encenação Jorge Andrade – Malavoadora, Galeria Zé dos Bois.

2009/11 - “Projecto Combo-Teatro Das Compras”, direcção de Giacomo Scalisi, Chapelaria Azevedo Rua-Baixa Pombalina.

2009 - “Esta Noite Improvisa-se”, texto de Luigi Pirandello, encenação de Jorge Silva Melo- Artistas Unidos, TNDM II.

2008/09 - “Onde Vamos Morar”, texto de José Maria Vieira Mendes, encenação Jorge Silva Melo, Artistas Unidos, Convento das Mónicas, Sintra, Almada, Torres Novas, Portimão, Viseu, Guarda, Vila Real de Trás – os – Montes, Guimarães, Porto.

2007 - “Criadas Para Todo o Serviço”, texto C.Goldoni, encenação José Peixoto, Teatro dos Aloés, Teatro Garcia de Resende, Teatro da Escola Politécnica, Recreios da Amadora.

2004 - “É Preciso Viver”, texto de Aquilino Ribeiro, dramaturgia e encenação de Antónia Terrinha, Teatro Chaby Pinheiro, Fórum Romeu Correia.

2004 - “Ensaio Sobre a Cegueira”, texto de José Saramago, dramaturgia e encenação de João Brites, Teatro o Bando, Teatro São João, Culturgest.

2003/04 - “Os Anjos”, texto de Teolinda Gersão, dramaturgia e encenação de João Brites, Teatro o Bando.

2003/04 - “O Silêncio”, texto de Nathalie Sarraute, encenação de Diogo Dória e Elsa Bruxelas, Instituto Franco-Português.

2002/03 - “O ensaio”, texto e encenação de José Peixoto – Teatro dos Aloés, Recreios da Amadora, Fórum Romeu Correia.

2002/03 - “O Pino do Verão”, textos de Eugénio de Andrade, encenação de João Brites, Teatro o Bando.

2002 - “Duas”, texto de Rui Lopes, encenação de Sara Duarte, Teatro Taborda.

2001/02 - “As filhas do marajá”, texto e encenação Teatro da Garagem, Festival de Teatro CITEMOR, Centro Cultural de Belém, Teatro Rivoli.

2001 - “Os Testemunhos de Adélia”, texto e encenação de Carlos J. Pessoa – Teatro da Garagem, Festival de Teatro CITEMOR, CAPA - Faro.

2001 - “Migalhas de um Deus Intratável”, texto e encenação de Carlos J.Pessoa – Teatro da Garagem, Centro Cultural de Belém.

 

Óperas e Musicais

2007 - “Sweeney Todd”, de Stephen Sondheim, encenação de João Lourenço, direcção musical do maestro João Paulo Santos, Teatro Aberto.

2007 - “Metanoite”, de João Madureira, encenação de André Teodósio, direcção musical do maestro Cesário Costa, Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian.

2006 - “Pollicino”, de Hans Werner Henze, encenação de Eugénio Sena, direcção musical do maestro João Paulo Santos, Culturgest.

2005/06 - “Os Sonhos de Einstein”, de Joshua Rosenblum e Joanne Sidney lessner, encenação de Cláudio Hochman, Teatro da Trindade.

2005 - A “Ópera de Três Vinténs”, de B.Brecht e Kurt Weil,

 

Outros : Direcção de atores na telenovela Poderosas 2015

SKILLS

Canto